Avançar para o conteúdo principal

FASHION ICON FRIDA KAHLO

Exposição fotográfica, a decorrer até dia 12 de Julho, no CascaiShopping, dedicada a uma das maiores artistas femininas do séc. XX considerada um ícone de moda: Frida Khalo. A mostra de 44 fotografias originais , apresenta a artista em momentos privados e públicos, testemunhando eventos que afetaram a vida da artista e a sua maneira de ser. O amor, a dor, a politica, a criatividade a a procura da sua própria paz interior, revelam a personalidade de uma artista, mas ainda mais de uma mulher que se tornou o símbolo da força e independência do univerno feminino. 

A artista Frida Khalo nasceu em 6 de julho de 1907, em Coyoacán, cidade do México. A sua obra criativa é composta maioritariamente por autoretratos. Frida diz-nos "pinto a mim mesma porque estou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor". Os autoretratos criavam uma função restituidora e o seu trabalho denota um intenso processo de integração e encontro consigo mesma. 

Teve exposições individuais patentes em paris e Nova Iorque. associada por vezes ao Movimento Surrealista, frida declara "pensavam que eu era uma surrealista mas eu não era.. Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade".

As obras de Frida refletem as vicissitudes da sua vida de um modo muito particular, demonstrando capacidade de transformar dor em belas imagens. Na obra "As duas Fridas" de 1939, é visivel uma mulher dividida pela dor lacerante do corpo e da instabilidade dos seus relacionamentos, que ao mesmo tempo é intensa, apaixonada e repleta de esperança.


Tendo contraído poliomelite aos seis anos e sofrido um acidente de autocarro aos 18 anos, Frida possuía cicatrizes e deformações no corpo e tinha de usar um espartilho para as suas dores nas costas.

Com o intuito de esconder o seu corpo, Frida começou a desenhar a sua própria roupa, quebrando as convenções estilísticas de moda na época.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

VERÃO PEDE GELADO!!!

Depois do 1º dia de verão em que vesti gabardine ... finalmente este domingo acordou quente, um verdadeiro e bonito dia de verão ( ... e uma noite com a mais brilhante lua cheia). Um verão pede saladas, bebidas geladas e muitos gelados! E.. este verão marca sem dúvida novo hábitos alimentares ... e verão como resistirei ao gelados ...?

BIQUINI e bomba atómica

A criação do biquíni é disputada por dois estilistas franceses: primeiro, Jacques Heim apresentou o "átomo" como "o menor maiô do mundo"; em seguida, Louis Réard mostrou o "bikini, menor que o menor maiô do mundo" e ficou com a fama do criador da peça. O biquíni é a invenção mais importante deste século (20), depois da bomba atômica. Diana Vreeland (1903-1989). Não fazia ideia mas na realidade a invenção do biquini está relacionada com a bomba atómica. O nome biquíni deriva do  atol Bikini, um atol do Pacifico onde se deu, em 5 de Julho de 1946 uma explosão atómica experimental que dividiu o atol em duas partes. Para que os médicos americanos pudessem examinar as pessoas, que estavam completamente nuas, já que a radiação havia destruído suas roupas, os militares usaram folhas de exemplares velhos do jornal The New York Times para cobrir pelo menos as partes íntimas dos doentes, e a este acontecimento remonta a invenção do biquini. Assim, pret

PEDIDO DE DEMISSÃO DE DEUS DIRIGIDO A TODA A HUMANIDADE

Cá vai o texto com o qual participei no Campeonato Nacional de Escrita Criativa. Exercicio: escrever o pedido de demissão de Deus dirigido a toda a Humanidade, via e-mail. Conta a vontade de aprender e de participar nestas andanças de escreviver e não tanto a classificação final. A critica pontuou positivamente a criatividade, tanto a nível semântico como sintáctico, a densidade narrativa e riqueza lexical. No entanto falta-me uma marca de autor, a capacidade de transmitir uma mensagem substantiva e que crie marca! Já aprendi e parto para um novo desafio. Bom Dia Humanidade: Hoje… Acordo cansado, carrego nas costas o peso do mundo: desilusões, lamentos e uma dor profunda. Enfrento o dia, procuro a vida que gira lá fora. Sinto a esperança que brota uma flor que desabrocha uma criança que chora um pai que ralha. Há vida em meu redor: há gente que ri, há gente que chora, há gente que sofre e ama há tanta gente por aí, que clama por uma mão, um simples ombro há gente