Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2014

CONVITE À PREGUIÇA

Dia 7. Descanso. Lanzeirice pura e total.  Pudera... o dia radical de ontem sacudiu a serenidade recente e lembrou os sinais do tempo. sim! fruto das contingências fisicas que a aventura deixou há que adaptarmo-nos a novas rotinas e vivências. Hoje é dia de recuperação. Repouso e gelo, o amigo inseparável! Para o cenário estar completo adicionamos a doce certa de chá aromático, denso e reconfortante, oferta amiga!

NOVOS VELHOS TEMPOS

Dia 6. Um dia de Praia radical.  Um paraíso. quase deserto . para nós. agradável (re)Encontro. Novos "velhos" amigos. Estamos iguais na essência e personalidade. diferentes na experiência e vivências. Alternativos. Na vanguarda dos tempos! São Relacionamentos. São sentires. São partilhas e memórias. São a nossa história. contada ninguém acredita mas é real, a nossa marca !  "A amizade é um sentimento que irmana pessoas e gera alegria e bem-estar. É a expressão de uma partilha emocional sob o olhar de um entendimento fraterno. Se o egoísmo afasta as pessoas e as isola,  a amizade aproxima-as e irmana-as. " Helena Sacadura Cabral UM DIA FELIZ 

CAMINHADA MATINAL

Dia 5 Cuidados e imprevistos.  Muito exercício!

A ESPUMA DOS DIAS

Dia 4. Convite e confidências. Amor. Momentos de reflexão. Amor-próprio e nova relação. Na partilha deste encontro consciencializo o que a vida hoje evidencia: sim, definitivamente vivemos a ritmos diferentes. O teu e o meu Ritmo não estão em sintonia. Este verão vives o teu novo amor!   "quebramos a espuma dos nossos dias". Por mim vivo a própria história, com Serenidade e doce sabor a vitória. Sim!  VENCEdor(a)! Agora... É tempo de partir! A serenidade da praia dá lugar a ondas fortes e agitadas. Há Gaivotas em terra! Os banhistas retraem-se. Os surfistas cortam a crista da onda!  " Há hoje uma necessidade grande de reencontrar valores que a maioria de nós julgará perdidos. Não estão. Apenas se encontram adormecidos, porque em determinada altura deixaram de servir o fim a que se destinavam. Talvez por isso, começou a nascer em mim o desejo de repensá-los. Um pouco como costumo fazer quando, antes de me deitar, repasso os acontecimentos do dia e

PRAIA MAR

 Dia 3. Um final de dia com sabor a sal.  Um banho de salpicos salgados envolve os corpos. Um mar furioso impõe respeito e convida à contemplação. Diante dos olhos uma beleza nua e crua. um azul imenso e arrebatador. My sunset deste dia. Um privilégio. Um recanto de areia. Um convite. Um conforto e alegria. O melhor do meu dia . Uma breve mostra em fotografia.  ~  ~ UM DIA  FANTÁSTICO 

MINDFULNESS

... prática do cuidar e bem estar. logo pela manhã ! caminhada na areia molhada, exercício demorado, alma renovada ... e pernas gelidamente exercitadas! Carro na oficina. O dia por minha conta. No momento de pausa, a revista do mês que me acompanha destaca o artigo:  Mindfuness: o novo jogging! Mau,  parece que "virou moda". Praticada por celebridades, popularizou-se. Só desejo que a tendência instalada não invada as praias tal banhistas de domingo, no limite do insuportável!  Popularizou-se porque resulta.  O segredo da felicidade começa dentro de cada um de nós, na conexão com o Eu, em plena autonomia, para uma verdadeira e equilibrada relação com o outro e totalmente livres da dependência emocional que aprisiona.  Mindfulness: Apenas a palavra é nova!

O BEIJO DO SOL

     Dia 1.      Família. Passeio. Praia. Leituras. Caminhadas. Bebidas geladas. Papaia . sal. sol. Pegadas na areia molhada.

LISBOA

... vista da outra margem, abençoada pelo Cristo Rei, monumento erigido como gratidão pelo dom da Paz.  Uma panorâmica grandiosa sobre o Rio Tejo, a pedir um passeio familiar.     Poema da Memória     Havia no meu tempo um rio chamado Tejo     que se estendia ao Sol na linha do horizonte.     Ia de ponta a ponta, e aos seus olhos parecia      exactamente um espelho     porque, do que sabia,     só um espelho com isso se parecia.     António Gedeão in 'Poemas Póstumos' Em 1934, o Cardeal Cerejeira, ao visitar o Cristo do Corcovado no Brasil teve o sonho de erigir um monumento semelhante em Portugal tendo apresentado essa proposta aos Bispos portugueses. Entretanto, (1938) aconteceu a 2ª Grande Guerra e, em 1940 os Bispos portugueses, reunidos em Fátima fizeram o voto de erigir, em frente da capital, um grandioso monumento à realeza de Cristo se Portugal fosse poupado à Guerra que alastrava pelo Mundo. Construído com of