Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009

Há tanto tempo...

wip , upload feito originalmente por Criatividade à Solta . ... tenho que ganhar inspiração para voltar a produzir!!! Pois é... já me disseram que agora a criatividade anda perdida ... talvez a procurar outras fontes de inspiração ... saltou das bijus para a música das palavras LOL Parece que se afigura o lançamento de outra actividade. SERÁ???

PARABÉNS :)

PARABÉNS :) , upload feito originalmente por Criatividade à Solta . ... e OBRIGADA a todos(as) que me acompanharam neste dia. Os amigos de Sempre e os mais recentes; todos aqueles que têm um lugar cativo no meu coração :) BJs

Hoje é o dia do "Gosto de ti".

  ... " A Cada Dia que Vivo mais me convenço que o desperdício da vida está no Amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade” Carlos Drummond de Andrade Foto via net ....................................................................................................................................................................... Geme o restolho, triste e solitário a embalar a noite escura e fria e a perder-se no olhar da ventania que canta ao tom do velho campanário Geme o restolho, preso de saudade esquecido, enlouquecido, dominado escondido entre as sombras do montado sem forças e sem cor e sem vontade Geme o restolho, a transpirar de chuva nos campos que a ceifeira mutilou dormindo em velhos sonhos que sonhou na alma a mágoa enorme, intensa, aguda Mas é preciso morrer e nascer de novo semear no pó e voltar a colher há que ser trigo, d

Esta semana ...

Queria fazer uma roda e que o mundo girasse em torno dos meus amigos, minha força motriz, meu centro, minha casa. Queria rodar e esvoaçar-me ao vento desfrutar do sabor dos momentos.

Há lugares e sentimentos assim:

... às vezes, a Natureza cria corações nos lugares mais incertos e improváveis!   Se cada beijo meu curasse beijar-te-ia cobrindo o teu corpo de um manto doce e delicado em que cada gesto apaziguaria todas as pétalas de teu protesto.  

Quando a Vida é o Momento...

Pensamos... planeamos, definimos cenários ... como se a Vida tivesse lógica e seguisse um curso linear. Mas,a Vida tem vida própria, o sangue que lhe percorre as veias, define ele próprio o lugar do coração, muda-o consoante os dias e as estações...injecta-nos sentimentos e emoções, quebrando todas as definições. Ficamos em branco...percebemos que a lógica e o pensamento nem sempre estão de acordo com o momento!Há afectos, há sentires que nos viram do avesso, outros, são apenas um revesso.... Quando verbalizamos e partilhamos as nossas emoções... quando nos deixamos levar pelo que sentimos e deixamos o coração falar ...é certo que perdemos o controle dos cenários previamente estabelecidos; no entanto deparamo-nos com novas construções de afectos. Esta capacidade de bombagem do coração constitui a nossa riqueza humana, sendo precisamente esta elasticidade e plasticidade que nos torna seres mais completos, tolerantes e em constante adaptação.O futuro não se escreve... e sabendo que a