Avançar para o conteúdo principal

FASHION ICON FRIDA KAHLO

Exposição fotográfica, a decorrer até dia 12 de Julho, no CascaiShopping, dedicada a uma das maiores artistas femininas do séc. XX considerada um ícone de moda: Frida Khalo. A mostra de 44 fotografias originais , apresenta a artista em momentos privados e públicos, testemunhando eventos que afetaram a vida da artista e a sua maneira de ser. O amor, a dor, a politica, a criatividade a a procura da sua própria paz interior, revelam a personalidade de uma artista, mas ainda mais de uma mulher que se tornou o símbolo da força e independência do univerno feminino. 

A artista Frida Khalo nasceu em 6 de julho de 1907, em Coyoacán, cidade do México. A sua obra criativa é composta maioritariamente por autoretratos. Frida diz-nos "pinto a mim mesma porque estou sozinha e porque sou o assunto que conheço melhor". Os autoretratos criavam uma função restituidora e o seu trabalho denota um intenso processo de integração e encontro consigo mesma. 

Teve exposições individuais patentes em paris e Nova Iorque. associada por vezes ao Movimento Surrealista, frida declara "pensavam que eu era uma surrealista mas eu não era.. Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade".

As obras de Frida refletem as vicissitudes da sua vida de um modo muito particular, demonstrando capacidade de transformar dor em belas imagens. Na obra "As duas Fridas" de 1939, é visivel uma mulher dividida pela dor lacerante do corpo e da instabilidade dos seus relacionamentos, que ao mesmo tempo é intensa, apaixonada e repleta de esperança.


Tendo contraído poliomelite aos seis anos e sofrido um acidente de autocarro aos 18 anos, Frida possuía cicatrizes e deformações no corpo e tinha de usar um espartilho para as suas dores nas costas.

Com o intuito de esconder o seu corpo, Frida começou a desenhar a sua própria roupa, quebrando as convenções estilísticas de moda na época.



Comentários