Avançar para o conteúdo principal

JÁ É FEVEREIRO

... e 2015 segue à velocidade da luz!

Tantas ideias, projetos, trabalho e afetos... sem contar com a atração de novas redes sociais !!!

Apesar deste emaranhado uma resolução tem sido cumprida: LER ! Descontrair e saborear estes bons momentos de leitura. Viajar até à Rússia do séc. XVIII e percorrer os corredores do Palácio de Inverno, através dos olhos de Varvara, a jovem orfã polaca, espia da imperatriz que nos narra as ligações ilícitas e as volúveis e traiçoeiras alianças que dominam a corte e moldam o destino e ascenção de Catarina, a Grande. 

Um livro que prende o olhar até do reino animal ! 
Irresístivel 



Comentários

Mensagens populares deste blogue

REVOLUÇÃO DOS CRAVOS

O golpe de estado militar do dia 25 de Abril de 1974 derrubou, num só dia, o regime político que vigorava em Portugal desde 1926, sem grande resistência das forças leais ao governo, que cederam perante a revolta das forças armadas. Este levantamento é conhecido por Dia D, 25 de Abril ou Revolução dos Cravos. O levantamento foi conduzido pelos oficiais intermédios da hierarquia militar (o MFA), na sua maior parte capitães que tinham participado na Guerra Colonial. Considera-se, em termos gerais, que esta revolução trouxe a liberdade ao povo português (denominando-se "Dia da Liberdade" o feriado instituído em Portugal para comemorar a revolução). Movimentações militares durante a Revolução No dia 24 de Abril de 1974, um grupo de militares comandados por Otelo Saraiva de Carvalho instalou secretamente o posto de comando do movimento golpista no quartel da Pontinha, em Lisboa. Às 22h 55m é transmitida a canção ”E depois do Adeus”, de Paulo de Carvalho, pelos

WALL PAPER

apenas um apontamento... enquanto o projeto de remodelação pacientemente aguarda dias melhores e ... rápida convalescença das meninas cá de casa !!!!! Foto : reprodução

UMA PAUSA

para degustar uma excelente tosta de salmão!